Doença de Alzheimer: Como o SUPERA atende demandas de saúde?

15/09/2021 Equipe SUPERA

No mês de conscientização sobre a doença de Alzheimer, a maior franquia de estimulação cognitiva da América Latina é também a única a oferecer pelo terceiro ano consecutivo um momento único com informações valiosas vindas de alguns dos maiores especialistas em transtornos neurocogntivos do país.

Na próxima quarta – feira (22), ao vivo do Teatro Gazeta em São Paulo a série de palestras “Despertando a sociedade para a saúde do cérebro” falará principalmente sobre a doença de Alzheimer, suas causas e, principalmente os fatores de prevenção que podem ser aplicados a pessoas que tem propensão a doença.

O SUPERA ajuda pessoas com Alzheimer?

Embora não tenha cura e seja degenerativa, quando falamos da doença de Alzheimer, há muito o que ser feito, sobretudo quando há tempo para oferecer ao cérebro os estímulos cérebros que vão colaborar com o fortalecimento de reserva cognitiva, no caso de pessoas ainda não diagnosticadas com a doença de Alzheimer.

Em todo Brasil o SUPERA recebe diariamente em suas escolas alunos que conviveram ou convivem com seus familiares diagnosticados com a doença de Alzheimer que tem um fator genético importante. “É comum perceber em nossos alunos com esse perfil uma preocupação maior, por tudo que eles observam em seus familiares. Muitos deles atuam como cuidadores dessas pessoas e quando descobrem que podem fazer algo para eles mesmos, ficam bem mais tranquilos”, explicou Braitller Lara, diretor Comercial do SUPERA no Brasil.

O SUPERA é um método de estimulação cognitiva criado no Brasil com o principal objetivo de ajudar crianças a melhorarem seu desempenho escolar, oferecendo a elas as ferramentas certas para que o cérebro responda melhor aos estímulos que são próprios do ensino regular.

Ao longo dos anos, o sistema nascido para atender as crianças ampliou seu apelo a outros públicos, em especial os idosos, que são hoje a maioria dos matriculados em toda a rede de escolas, que contempla mais de 350 unidades.

O SUPERA ajuda crianças com deficiência intelectual?

É importante ressaltar que quando falamos de qualquer tipo de deficiência intelectual, estamos tratando da individualidade da criança e/ou adulto, não sendo possível neste caso aplicar as ferramentas de estimulação cognitiva para tratar ou mesmo amenizar as condições que fazem parte da condição desta pessoa.

Diagnósticos específicos, como a Síndrome de Down necessitam de atenção específica

No entanto, para algumas condições, com avaliação específica da criança ou adulto, é possível aplicar ferramentas que, somadas a outras iniciativas, sempre com orientação médica que podem ajudar os atendidos a ter mais qualidade de vida. Esta avaliação é pontual e ´única, de acordo com cada caso.

O SUPERA pode ser aplicado a crianças e adultos com TDHA?

O diagnóstico do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDHA) envolve uma equipe multidisciplinar, incluindo neurologista, psiquiatria, psicólogo, fonoaudiólogo e terapeuta ocupacional que tenham capacidade técnica e conhecimento profundo de todos os aspectos do transtorno.

Diagnóstico para o TDHA é mutidisciplinar e desafiador

Quando falamos de estimulação cognitiva e TDHA, consideramos o gerenciamento dos sintomas. “Após avaliação pontual do aluno, em muitos casos é possível ministrar as ferramentas da ginástica cerebral para aumentar o foco atencional, monitorar suas ações e decisões, controlar a sua impulsividade, organizar e planejar os passos de uma tarefa, dimensionar o esforço necessário a ser empregado em diferentes tarefas, dimensionar e a gerenciar as metas e a trabalhar com prazos”, lembrou Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica do SUPERA.

O SUPERA trata o autismo?

Quando falamos de qualquer questão relacionada a transtornos de desenvolvimento específicos de aprendizagem ou não, estamos falando de questões complexas que demandam conhecimento clínico para que os indivíduos recebam o melhor encaminhamento para a superação.

No caso específico do autismo, há diferentes graus de comprometimento e, embora a ginástica para o cérebro não tenha uma proposta específica para atender este público, há casos pontuais que o método SUPERA atende e que auxilia na estimulação de competências cognitivas e socioemocionais.

Pais de crianças autistas podem ser beneficiados pela estimulação cognitiva

“Por ser uma condição complexa e que envolve diferentes níveis de comprometimento, a estimulação cognitiva tem papel importante para colaborar sobretudo com pais e responsáveis por crianças portadoras de autismo. Partimos da perspectiva de que, no caso específico do autismo, este pai ou responsável terá uma exigência muito maior do ponto de vista psíquico e de tomada de decisões e, desta forma, ter um cérebro mais preparado para este processo deve impactar diretamente na qualidade de vida da criança autista e de sua família. A estimulação cognitiva oferecida pelo Método SUPERA aos pais e responsáveis de crianças autistas colabora diretamente com questões ligadas a disciplina, controle emocional,

entre outras coisas, mas, no caso do autismo, o ponto de partida é: os pais devem ser os primeiros a serem treinados para conseguir dar boas respostas aos desafios que a condição impõe”, concluiu a especialista.

Serviço:

No próximo dia 22 de setembro o SUPERA realiza ao vivo para todo Brasil a terceira edição do evento “Despertando a Sociedade para a Saúde do cérebro”. O evento acontece em alusão ao setembro Roxo – mês de conscientização para o com palestras dedicadas à conscientização sobre o assunto e a presença de vários especialistas que serão transmitidas ao vivo pelo canal oficial do Supera no YouTube para todo Brasil.

Para se inscrever, acesse: https://bit.ly/3DzglUc.

Para participar, acesse: https://bit.ly/3BtaiP9

Você pode conferir ao vivo a partir das 14h30 pelo canal do Método SUPERA no Youtube.

Foto Antônio Carlos - Diretor do Franquia Educacional Supera

Descubra como você
pode ser um franqueado supera

e se torne um empreendedor de sucesso na sua região

Conheça agora mesmo os benefícios e vantagens da Franquia de Escola SUPERA e saiba todos os detalhes sobre os primeiros passos para conquistar sua Realização Pessoal e Profissional

ABRA SUA FRANQUIA SUPERA Contate-nos para maiores informações

Equipe SUPERA

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Doença de Alzheimer: Como o SUPERA atende demandas de saúde?"

Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com seu comentário

Ebook Grátis Ganhe o E-book: Breve introdução ao Mercado de Franquias

Newsletter -SUPERANews Franquia

Breve introdução ao Mercado de Franquias

Cadastrando-se gratuitamente no SUPERANews - Franquia!

E receba nossos textos sobre o mercado de Franquias!

    SUPERA PRESENCIAL

    Ginástica para o cérebro

    O SUPERA Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade.

    O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

    SUPERA Online

    O melhor treinamento digital aliado ao melhor curso

    O SUPERA Online lhe oferece um programa personalizado de exercícios para inúmeras habilidades cerebrais como atenção, memória, visão espacial, linguagem e raciocínio lógico.

    Você vai desenvolver seus pontos fracos e aperfeiçoar seus pontos fortes, com as orientações de um coaching virtual, e acompanhar seu progresso ao longo do tempo.

    SUPERA para escolas

    Método de estimulação cognitiva

    Exclusivo para Instituições de Ensino.

    O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

    63dace3bcb6df