Sob nova direção: quando a troca de gestão é positiva para um negócio

11/08/2021 Equipe SUPERA

Em meio a uma pandemia global, as razões que levam um empresário a repassar seu empreendimento são inúmeras e envolvem desde capital de giro e gestão à recursos humanos.

Para grandes redes de franquias, como o método SUPERA – Ginástica para o cérebro, o repasse de uma unidade não é exatamente um problema. Considerando todos os itens contratuais e transparência na relação franqueador – franqueado, desde o início da implantação do negócio, o empenho para que o processo de nova administração tenha sucesso parte do próprio franqueado, de forma a preservar o empreendimento e sua reputação local priorizando uma substituição tranquila e segura para todos os envolvidos. “Muitas dessas oportunidades de negócio são agarradas por outros franqueados que se tornam multi franqueados, ampliando seus ganhos e frentes de atuação. O processo de transição de gestão também é de interesse de quem repassa uma unidade e por isso esse processo acontece de forma muito tranquila em nossa rede. Este está sendo um movimento muito próprio da pandemia, feito com muita transparência e respeito por todas as partes envolvidas”, explicou Carlos de Oliveira, diretor de Gestão e Franquias do Método SUPERA.

Confira alguns dos cases de sucesso da rede SUPERA:

SUPERA Bento Gonçalves (RS)

A turismóloga Cândida Redante, de 41 anos, assumiu a unidade de Bento Gonçalves em março de 2020, auge da pandemia no Brasil. Além da obstinação em fazer o negócio dar certo, Cândida carregava uma experiência de nove anos como empresária a frente de uma agência de viagens. “Por ocasião de uma psicopedagoga que atendia minha filha eu conheci o SUPERA e achei incrível. Na sequência eu tive um encontro com a proprietária que estava com alguns problemas de saúde e por isso precisava repassar a unidade. Então me candidatei e seis meses eu assumi como proprietária da unidade”, lembrou.

A empresária Candida Redante (ao centro) com sua equipe em Bento Gonçalves

Quando assumiu a unidade Cândida se viu responsável por 200 alunos diretamente. “Me pareceu muito desafiador, precisei estudar muito e aprender todos os processos, mas a metodologia me encantou tanto que eu busquei confiando que eu iria conseguir e dar conta. Porém, mesmo com toda dedicação, 15 dias depois de assumir a unidade ela teve que ser fechada por conta do COVID19. Ficamos 40 dias fechados e 50% dos nossos alunos eram 60+. Precisamos fazer uma adaptação rápida para dar aulas online e ensinar os nossos alunos. Foi um começo difícil, mas busquei muito essa motivação junto aos funcionários e hoje estamos no caminho de retomada quase voltando ao nosso patamar inicial”, contou.

Para Cândida, assumir uma franquia em andamento foi um excelente negócio, mesmo com todos os desafios da pandemia.

Unidade SUPERA Bento Gonçalves (RS)

“A equipe com quem negociei foi extremamente receptiva, já tinham pessoas treinadas, com a qualificação necessária, então eu já assumi o negócio com muitas coisas em ordem. Fui muito bem orientada pelas antigas proprietárias até eu adquirir segurança elas me deram todo suporte. Para mim foi uma grande vantagem. Acredito que o mais importante para quem quer empreender é olhar os números, a viabilidade e custos do negócio”, avaliou.

SUPERA Cuiabá – Quilombo

Aos 29 anos, o empresário Jefferson Carvalho Dias da Silva completou em 2021 um ano a frente da franquia SUPERA Cuiabá – Quilombo. Analista de Sistemas, Jefferson já fazia parte da rede SUPERA desde 2014 atuando como educador, coordenador pedagógico e consultor comercial. “Me apaixonei pelo SUPERA e sempre busquei um crescimento dentro da empresa com a esperança de me tornar um franqueado em breve. Quando conheci o método e seu potencial de negócio, mesmo com pouca idade, decidi que queria empreender com o SUPERA”, lembrou.

Oportunidade – O que Jefferson não sabia é que a chance de ser um franqueado SUPERA aconteceria muito em breve, mais precisamente quando a antiga franqueada optou por mudar de cidade. “Eu sempre fui muito próximo da administração da unidade e a proposta da franqueada no momento certo. Não pensei duas vezes e abracei essa oportunidade”, lembrou.

O empresário Jefferson Dias: paixão pelo propósito e vontade de vencer

 Mesmo assumindo uma franquia já em andamento, o maior desafio do empresário foi realizar adaptações necessárias na unidade, bem como lidar com números de forma objetiva e assumir compromissos próprios de empreendedores, que envolvem sobretudo questões de ordem burocrática e de gestão. “Durante a pandemia houve muitos momentos de mudança de mentalidade. Precisei flexibilizar ao máximo meu negócio para me adaptar rapidamente em uma situação atípica que não havia sido prevista. No entanto, como eu já estava ‘dentro’ da franquia, pude contar com o meu know how, especialmente o conhecimento dos alunos e dos processos comerciais e educacionais. Quando a parte financeira foi balanceada e equilibrada foi muito recompensador estar ali empreendendo”, disse.

Fachada da unidade SUPERA – Cuibá Quilombo

Além da obstinação e vontade de vencer, empresários empreendedores que assumem negócios já em andamento tem ainda em comum um senso de aperfeiçoamento, o que, para Jefferson, é um ponto decisivo para o sucesso. “Estude bem o que você quer assumir, conheça o negócio, conheça suas vantagens e desvantagens, se apaixone por aquilo que você vai investir. O SUPERA e um negócio que oferece ao empresário a capacidade de desenvolvimento pessoal constante, ou seja: transformamos nossas vidas, performamos enquanto empresários e nos mantemos em constante atualização devido a excelente estrutura hoje oferecida pelo franqueador da marca”, disse o empresário.

SUPERA Maringá

Aos 33 anos, o empresário Patchacamac Rossetto Moreano é o responsável pela franquia SUPERA de Maringá ao lado da também empresária Patrícia Rossetto Moreano, psicóloga e pós-graduada em Neuropsicologia e Neurologia.

O casal assumiu a unidade em 2019, 7 meses antes do início da pandemia. Mesmo em tempos desafiadores, o empresário já manifestou interesse em reinvestir na rede, inaugurando sua segunda unidade em breve.

Assim como outros empresários, o casal também iniciou sua jornada conhecendo o método de perto, em 2015, ainda quando Patrícia trabalhava na unidade SUPERA no centro de Londrina. O interesse em investir no negócio já existia, mas, por ausência de capital, o casal abortou o sonho. Em 2018, já com a unidade SUPERA Maringá funcionando, Patrícia foi contratada para atuar como coordenadora pedagógica. “Após cerca de 1 ano e meio, o franqueado não estava desenvolvendo um trabalho que acreditávamos ser necessário para potencializar o SUPERA. Foi então que ele ofereceu a Patrícia e a mim a franquia. Após negociação, observando o negócio por dentro e sabendo do potencial do empreendimento SUPERA (que em 2016 não conseguimos aproveitar), desta vez agarramos e fechamos negócio, aceitando assumir a gestão”, lembrou.

Com muita vontade de vencer e cientes do imenso potencial de negócio da marca, o casal agarrou a oportunidade, de olho nas vantagens de assumir o negócio já em andamento. “Foi uma operação com várias vantagens, como fluxo de caixa positivo desde o início. De agosto 2019 até fevereiro de 2020, fizemos cerca de 200 novas matrículas, estabelecendo nossa unidade como um grande player em nossa cidade”, comemorou Moreano.

Os empresários Moreano e Patrícia: sucesso no repasse em Maringá

  Adequação da equipe e padronização de processos estão entre algumas das dificuldades do casal. “Porém posso afirmar que, foi uma adequação muito natural que contou com amplo apoio do franqueador SUPERA e a consequência foram os resultados, mesmo na pandemia. A nossa virada de mentalidade foi que sempre acreditamos no SUPERA. Após tomarmos posse da unidade, mudamos toda dinâmica, formamos equipe e entregamos, uma consequência da nossa paixão pelo propósito da marca. Como maior consequência, mesmo na pandemia os alunos que permaneceram (e foi um percentual bem elevado), alegaram haver um novo “clima” na unidade, além dos novos alunos sentirem isso, o que não tem preço”, disse.

Para o empresário o sistema de franchising continua sendo uma grande aposta sobretudo quando a marca possui um franqueador forte. “Franquias tem muitas vantagens, porém você tem que se dedicar muito para dar resultado. Com a orientação do franqueador, apoio de outros franqueados e muita vontade de botar mão na massa e entregar resultado e Ginástica para o Cérebro aos alunos, você consegue obter resultados rápidos”, assegurou.

SUPERA Santa Felicidade | Hauer e Bigorrilho – Curitiba (PR)

As duas primeiras unidades em Curitiba dos empresários Lúcio Melo, Djenifer Cunha e Andréa Chinatto na rede SUPERA foram adquiridas por meio de repasses: Santa Felicidade e Hauer. A jornada empreendedora dos sócios começou ainda em maio de 2018 com a primeira unidade assumida: Santa Felicidade. Dois anos depois o grupo assumiu um segundo repasse na rede, Hauer, em novembro de 2020.

Os empresários Lúcio, Djenifer (esquerda) e Andréa

A boa performance das escolas já resulta em uma terceira unidade dos sócios, SUPERA Bigorrilho, que será a primeira a ser inaugurada por eles e ainda está em fase de implantação. A oportunidade de negócio foi o maior atrativo para o grupo que, após pesquisas de mercado, visita em campo e análise de polígonos, decidiram por investir. “A unidade Santa Felicidade, nossa primeira aquisição, identificamos um investimento financeiro atrativo. Na unidade do Hauer, nossa segunda aquisição, o atrativo foi a validação do modelo organizacional já implementado na Unidade de Santa Felicidade, mas em um cenário de negócio diferente, considerando o padrão financeiro do polígono, onde a nova unidade repassada está localizada. Outra oportunidade claramente identificada é que, as duas unidades em funcionamento formam a base financeira para expansão dos nossos negócios empresariais, impulsionando a implantação da terceira unidade, no Bigorrilho”, explicou Andréa Chinatto.

Fachada da unidade SUPERA Santa Felicidade – Curitiba (PR)

O sucesso dos multifranquedos é beneficiado com a expertise no ramo empresarial dos três sócios que já atuavam anteriormente como empresários. Para o grupo, os últimos meses também foram um desafio. “Após participarmos dos treinamentos do franqueador nos reunimos para revisar e ajustar os processos em cada área de negócio. Isto resultou em uma nossa visão empresarial da franquia, impulsionando uma gestão mais assertiva.  Hoje a nossa empresa trabalha com 3 pilares organizacionais: Gestão Administrativa/financeira (Lucio), Gestão Pedagógica (Djenifer) e Gestão Comercial (Andréa)”, explicou Andréa.

SUPERA Hauer – Curitiba (PR)

Seja por meio de um repasse ou de uma nova unidade, os pontos a serem observados são os mesmos, segundo a empresária. “A localização deve levar em consideração visibilidade, acessibilidade e um ponto de referência comercial bem conhecido, para estabelecer a unidade e isto encontramos nas duas unidades que adquirimos. Serve de parâmetro para definirmos a implantação da nova unidade. Quando falamos de empreendimentos deste porte é necessário analisar o  comprometimento do seu tempo pessoal para a consolidação dos resultados pretendidos, bem como fazer um cronograma financeiro onde seus recursos sejam suficientes para 24 meses de investimento, captar colaboradores comprometidos com os objetivos definidos, investir em capacitação constante para manter os melhores resultados e fazer parcerias identificando e apresentando o produto para que possam gerar leads qualificados”, concluiu.

Transparência e oportunidade

Para o Diretor de Gestão de franquias do SUPERA, Carlos de Oliveira, independentemente da realidade do empreendedor – em inauguração ou assumindo uma unidade em andamento, a transparência do processo é fundamental para assegurar a todos os lados uma transição tranquila. “Sempre enxergamos os processos de repasse como algo negativo, ou ligado a problemas de performance e nem sempre é isso que acontece. Muitas vezes o empreendedor não pode seguir com o seu negócio por problemas pessoais ou de saúde o que oferece a outros empreendedores a oportunidade de abraçar um negócio em andamento, absorvendo vantagens que um empreendedor iniciante não teria. Nosso objetivo enquanto uma das maiores franquias do Brasil é assegurar um processo seguro e justo para todos os lados, mantendo as franquias em condições de atuar com performance após o período de transição”, concluiu.

Foto Antônio Carlos - Diretor do Franquia Educacional Supera

Descubra como você
pode ser um franqueado supera

e se torne um empreendedor de sucesso na sua região

Conheça agora mesmo os benefícios e vantagens da Franquia de Escola SUPERA e saiba todos os detalhes sobre os primeiros passos para conquistar sua Realização Pessoal e Profissional

ABRA SUA FRANQUIA SUPERA Contate-nos para maiores informações

Equipe SUPERA

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Sob nova direção: quando a troca de gestão é positiva para um negócio"

Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com seu comentário

Ebook Grátis Ganhe o E-book: Breve introdução ao Mercado de Franquias

Newsletter -SUPERANews Franquia

Breve introdução ao Mercado de Franquias

Cadastrando-se gratuitamente no SUPERANews - Franquia!

E receba nossos textos sobre o mercado de Franquias!

    SUPERA PRESENCIAL

    Ginástica para o cérebro

    O SUPERA Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade.

    O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

    SUPERA Online

    O melhor treinamento digital aliado ao melhor curso

    O SUPERA Online lhe oferece um programa personalizado de exercícios para inúmeras habilidades cerebrais como atenção, memória, visão espacial, linguagem e raciocínio lógico.

    Você vai desenvolver seus pontos fracos e aperfeiçoar seus pontos fortes, com as orientações de um coaching virtual, e acompanhar seu progresso ao longo do tempo.

    SUPERA para escolas

    Método de estimulação cognitiva

    Exclusivo para Instituições de Ensino.

    O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

    6624f5e83f9ac